Tiroteio na entrada do Engenho Tentugal 05/11 “Matéria completa”


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
A PM foi informada que 04(quatro) elementos tinham assaltado o vigilante do agrícola e que o mesmo estava ferido a bala e os 04 imputados tinham roubado armas e colete, seguindo sentido a cidade de São José da coroa Grande em uma moto Broz que foi roubada da vítima. A PM seguiu sentido Barreiros. Quando próximo à entrada de Tentugal avistou os 04 imputados onde foi dado voz de prisão aos mesmos no meio da rodovia, onde os mesmo não obedeceram efetuando disparos contra o efetivo. 

A PM saiu em acompanhamento aos mesmos, ao se aproximar novamente dos imputados que pelo menos os 03 passageiros que estavam de carona na moto (na parte da carona) estavam com arma em punho, e ainda ao chegar próximo deles começaram a atirar novamente contra a guarnição, foi dado novamente voz de parada e eles continuaram atirando. A partir daí que se iniciou a troca de tiro, intensa troca de tiro que se estendeu por três quilômetros, quando chegou num ponto que os 04 elementos caíram da motocicleta, ao cair o imputado 03 levantou com a arma e ainda disparou várias vezes contra a guarnição, após um momento ele caiu ferido, ao cair da moto o imputado 04 também com um revolve e uma espingarda 12 também não se entregou e disparou contra a viatura e em seguida caiu ferido, o imputado 01 estava com a espingarda 12, mas ao cair da moto não revidou contra a guarnição e se rendeu o imputado 02 tentou fugir sendo alcançado em seguida pelo efetivo e também não reagiu mais e se entregou. Após a captura dos 04 imputados foi realizado imediatamente o socorro dos mesmos até o hospital local, porem os imputados 03 e 04 não resistiram aos ferimentos e faleceram. 

Vale salientar que o efetivo revidou a injusta agressão dos elementos, pois mesmo com várias ordens de parada os mesmos não obedeceram e atirou várias vezes contra a guarnição, foi apreendido em posse dos mesmos várias munições sendo 03(três) intactas cal.12 e 01(uma) deflagrada de cal. 12, 06 (seis) munições cal. 38 deflagradas e 06 (seis) intactas, 01 pano preto (tipo touca ninja) balaclava, 01 máscara tipo de palhaço, 01 bolsa de costas, 01 (um) revolver cal. 38 de marca/ modelo ilegível raspado na marca de numeração 176297, 01(um) revolver cal.38 taurus de numeração IM977590, 01(uma) espingarda cal. 12 Rossi (cano cerrado) de numeração 2755/nº F288103, 01(uma) espingarda cal. 12 cano cerrado de marca Rossi de numeração T-117060, 01(um) colete a prova de balas de marca SAFESIDE de numeração 15-0113260, roubado da vítima, uma tonfa (cassetete) também roubada da vítima e o veículo acima citado que também pertencia a vítima. As mascaras foram usadas em vários assaltos e homicídios na região, vale salientar que essa quadrilha de “zula” (imputado 03) é conhecida como a autora de vários homicídios e assaltos em São José da coroa Grande e também pelo tráfico de drogas na cidade e viviam aterrorizando a população da região. 

Os envolvidos presos foram entregues na DP sem sofrer qualquer agressão física ou psíquica por parte da PM. Os demais envolvidos também encaminhados a D.P de plantão em Tamandaré. Todos os imputados já tem passagem pela policia por roubo, tráfico e suspeitos de homicídio, o imputado 03 tinha um mandado de prisão em aberto contra ele. 

PUBLICIDADES

Compartilhar:

Post Author: admin


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *