Auto de Natal leva teatro, música e dança para o litoral de Alagoas

O canto popular do reizado de São José e o clássico ‘Jesus alegria dos homens’, de Bach, misturam-se para contar o nascimento de Jesus de uma forma diferente do enredo tradicional. Essa combinação é um dos pontos altos do espetáculo Auto de Natal, que é organizado pelos estudantes do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Campus Maragogi. As apresentações começam dia 15, em Maragogi.

Com uma hora e meia de duração, o Auto de Natal leva ao público desde a tradicional dança do pastoril religioso até movimentos eruditos inspirados no balé clássico. Já em outras cenas, os atores narram diversas profecias sobre a chegada de Jesus.

“Misturamos profecias de épocas diferentes sobre o nascimento de Cristo e o que se esperava dele para a humanidade. Abordamos João, Isaías, Jeremias, pentateuco (primeiros livros da Bíblia) e até seitas”, explicou Manoel Lino, que interpreta a profecia e tempo.

Quem for ao espetáculo, também pode entrar em cena. Isso porque pessoas da plateia são escolhidas por atores para participarem de algumas partes da apresentação. “É um dos melhores momentos. A gente interage com o público e conta junto essa história”, afirmou o coordenador do Auto, professor Ricardo Araújo.

Ele explica que o espetáculo visa a reflexão de temas, como solidariedade, respeito e amor ao próximo. Tudo isso por meio da linguagem do teatro, da música e da dança. “Nós queremos comunicar às pessoas a importância de ser solidário com as outras e ter respeito por elas. Usamos o acontecimento marcante do nascimento de Jesus para essa comunicação com o público”, detalhou.

A primeira edição do espetáculo foi em 2015 e no ano seguinte tornou-se itinerante. O Auto conta hoje com o envolvimento de 100 pessoas, entre alunos, ex-estudantes e outros participantes da comunidade externa ao Campus de Maragogi.

Calendário de apresentações:

15 de dezembro – Maragogi

20 de dezembro – São Luiz

22 de dezembro – Porto Calvo

Compartilhar:

Post Author: Tenório


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *