Olhar fixo e deslumbrados de um Pensador

Em momentos difíceis e de muita crise que passamos, seja crise: moral,espiritual, política e financeira que o País e o mundo enfrentam. Sempre paro no tempo e percebo que “a história” se repete o que muda são apenas os “personagens”.

Quantos cometeram crimes e foram condenados?

Quantos foram julgados sendo inocentes?

Quantos tentaram e conseguiram vencer na vida?

Quantos tentaram e não conseguiram vencer?

Quantos projetos e sonhos não alcançados? de uma geração sonhadora que só tiveram frustrações! Desistir dos sonhos e objetivos é a primeira derrota que se pode ter, não podemos passar por essa vida, sem se quer ter tentado.

Geração vai e vem e a única experiência que deve ficar é daqueles que tentaram e conseguiram ou tentaram e não conseguiram o importante mesmo foi à tentativa.

Ao olhar o mar calmo da minha cidade, “a minha charmosinha do nordeste”, São José da Coroa Grande.

Neste momento uma sintonia psicológica e espiritual me fez entrar em mundo onde não estive, mas o sentimento profundo da minha alma se compadeceu por aqueles que vieram antes de mim e outros que desejariam está em nossa terrinha, mas por circunstancias da vida não podem.

Eles lutaram, sonharam e tentaram uns conseguiram outros não, mas um grande legado deixaram, devemos continuar sonhando e lutando, a vida só terá valido apena quando a geração atual deixar também um legado.

São José

Ó cidade amada, grandiosa e esplendorosa é a tua Coroa , teus filhos terão sempre orgulho de ti, és a mãe dos Coroense, preciosos filhos nasceram de ti, filhos talentosos que brilham no Brasil e no mundo, não esquecerão nunca de ti, terrinha amada e inesquecível te tornaste, todos que pisaram neste solo terão lembranças eternas de uma terra chamada São José da Coroa Grande, “a charmosinha do Nordeste”.

Texto de Tenório Cavalcanti

Compartilhar:

Post Author: Tenório


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *