Varzea do Una – A Pedra Grande e a lenda da pedra que o Diabo relou a Bunda

Em um domingo dia 20/11/2016, o Blog Tenório Cavalcanti esteve em Várzea do Una, distrito de São José da Coroa Grande-PE. 
 
Várzea é um substantivo feminino utilizado para denominar uma planície ou terreno plano, em um vale extenso e cultivado, junto aos rios e ribeirões. Várzea do Una é um pequeno distrito, situasse no estuário do rio una e pertence ao município de São José da Coroa Grande, no litoral sul de Pernambuco. Um lugar riquíssimo em belezas naturais, histórias e lendas. Está localizado a 09 km da sede do município. Nessa viagem nos acompanharam o cinegrafista e fotografo Robevanio e o guia de turismo Saulo.
Embarcamos no barquinho do Mestre Biu
Embarcamos em um dos pequenos barcos que realizam os passeios, o mesmo foi conduzido pelo guia local “Mestre Biu” como é popularmente conhecido. Ao chegarmos na “Pedra Grande”, já conhecida na comunidade da Várzea por suas lendas históricas, tivemos o conhecimentos destas histórias misteriosas que envolve a Pedra, são contadas três lendas.
 
1 – Lenda – Os mais velhos dizem que dentro da Pedra tem um Paraíso encantado, contendo uma cidade toda em ouro, essa história vem passando de pai para filho.
 
2- Lenda – Existe uma Pedra lá é que é tão escorregadia, que o diabo relou o cú(bunda), nessa lenda o que acho engraçado e estou rindo até agora é a forma natural como os antigos contam, essa é a Pedra que o diabo levou desacerto RSRSRS. Cliquem no Player e escutem alunos contando também sobre as lendas da pedra:
3- Lenda – Existem as 3 moças da Pedra Grande que quando é tempo de festas, elas aparecem bem arrumadas e no final da festa em uma encruzilhada essas moças somem, os antigos falam que é na praça da Várzea do Una. Assistam Saulo Guia de Turismo contando um pouco dessas lendas:
Os povos antigos e primitivos usavam as lendas para ter justificativas para acontecimentos de sua época, alguém desaparecia era a pedra que engolia, a pedra é tão lisa que até o diabo caiu nela, bater nos pais viravam lobisomem, se tinha trovões eram os deuses irritados porque não foram oferecidas ofertas a eles, tudo que ocorriam eles criavam as histórias para justificar. 

Várzea do Una rica em belezas Naturais e rica em lendas, aliás história,geografia economia é o ouro que este lugar tem a oferecer, realmente um lugar magico.
Minha cidade é o meu universo- São José da Coroa Grande-Várzea do Una

Escrito por Tenório Cavalcanti
 
Fotos

Post Author: Tenório


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *