A nossa geração precisa conhecer esta história, “Uma história espetacular”

 
Caro leitor creio que minha história você deve conhecer, pois já contei que aprendi a ler e escrever ENTRE 16 E 17 anos de idade, devido ao problema de dislexia que tive, mas quando aprendi a ler e escrever, ganhei de minha mãe no ano de 1999, uma maquina de datilografar, e mesmo sem saber ainda o português correto, escrevi nela muitos hinos,jograis para mocidade e para a comissão, usei em escola dominical e etc.
 
Minha mãe Glória Malta Tenório Cavalcanti, me contava com muito orgulho que tinha o diploma de datilografa, e ela estudou datilografia porque no ano de 1964 perdeu um bom emprego porque não tinha o diploma de datilografia, então em 1965 o pai dela meu Avô Antônio Tenório Cavalcanti pagou o curso no Instituto Silva Pernambuco-Recife. 
 
E o que mais está me chamando atenção é que ela procurou e procurava bastante o diploma para me mostrar, 30 dias antes de falecer, já bem debilitada lembrou-se e foi procurar, dizendo vou morrer e não vou achar esse diploma para mostrar a meu filho, na hora falei deixe para lá mãe, e confesso que não dava muita minima em ver o diploma, mas para ela era muito importante este diploma, e mais importante ainda era me mostrar.
 
E quando foi essa semana procurando a nota fiscal de meu celular me deparei com umas fotos antigas dela e no meio das fotos O BENDITO DIPLOMA DE DATILOGRAFIA, o diploma se parece á uma carteira de trabalho, na hora me emocionei as lagrimas desceram, enquanto chorava e soluçava eu falei mãe a senhora se foi, mas deixou a prova que foi datilografa, e nesse gesto me ensinou a valorizar as minimas coisas desta vida,olha a prova pessoal
Eu sei de onde vir, de onde comecei e como comecei, tudo que sou e represento, e tenho, não foi de paraquedas ou seja de uma hora para outra, foi suado, conquistado, e com muita determinação.

 

E com essa máquina escrevi temas para a escola dominical, jograis , programações e escalas.

Fiz um desafio quem tivesse uma folha datilografada por mim ganharia um brinde do blog Tenório Cavalcanti e apareceu três pessoas.

Usei a máquina de datilografar de 1999 a 2004.

É uma verdadeira relíquia.

 
 
 
 
 
Tenório Cavalcanti
Compartilhar:

Post Author: admin


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *